Baleado na cabeça em 2017, rapaz de 19 anos morre em hospital de Vilhena

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif

Morreu na tarde desta terça-feira, 10, no Hospital Regional de Vilhena, o jovem Álvaro Alberto Cabral, de 19 anos. Em 2017, quando ainda era menor de idade, o rapaz levou tiros na cabeça, disparados por um homem de moto, que o atingiu no bairro Alto Alegre.


A situação de Álvaro era tão grave que, após receber os primeiros-socorros no HR, em Vilhena, ele foi transferido às pressa para Cacoal. Amigos chegaram a publicar, nas redes sociais, que ele havia morrido em decorrência dos ferimentos a bala.


O rapaz, no entanto, não só resistiu as lesões provocadas pelos tiros, como retornou a Vilhena. Mas ficou com seqüelas, tanto que deu entrada várias vezes no HR, e estava internado na unidade havia 30 dias.


Até hoje, a polícia não tem pistas sobre o autor ou a motivação do crime. O hospital que registrou o óbito pediu que um médico legista da Polícia Civil faça a necropsia do corpo.



Fonte: Folha do Sul Online