Publicidade
Aftosa_WEB_468x60.gif

Executivo faz contrato emergencial e habilita balsa para fazer travessia da população em Alto Paraíso



A situação complicada gerada pela falta da ponte que liga o município de Alto Paraíso à BR 364 exigiu uma intervenção imediata do governo de Rondônia com o contrato emergencial para habilitação de balsa no local. Na manhã desta terça-feira (13), o governador Marcos Rocha esteve reunido com a equipe de governo e representante da empresa responsável pelo novo serviço, e disse que a ação é paliativa, mas já há projeto para construção de uma nova ponte.


A ponte foi afetada pela cheia do rio Jamari e deixou a população com a opção de deslocamento apenas pela B-40 (RO 457) que foi recuperada pelo Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), mas que se mostrou um caminho mais longo e arriscado com registro de acidentes.


Diante disso, desde junho, a Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados do Estado de Rondônia (Agero) passou a intervir pela solução de um deslocamento adequado na região.


‘‘Nós levantamos em audiência pública que o custo de vida se elevou em Alto Paraíso com a ausência da ponte, o frete se elevou, a própria resposta às demandas da segurança pública e saúde foram afetadas com prejuízo à mobilidade de ambulância, veículo de Corpo de Bombeiros e até o deslocamento dos que fazem tratamento de hemodiálise, o que justifica a necessidade de um contrato emergencial’’, disse o diretor presidente da Agero, Marcelo Henrique de Lima Borges.


Segundo o diretor presidente, foi dado início ao estudo de fluxo de veículos que deu base a tabela de preços. Quatro empresas concorreram ao contrato e ganhou a empresa Amazônia Navegações. A balsa entrou em operação no domingo (11) e o contrato é por 180 dias. ‘‘O contrato não tem custo para o governo. A empresa vai receber do próprio usuário com tabela de preços justos’’, conta destacando que a projeção de fluxo é de cerca de 200 veículos por dia.



Empresa começou a operar a balsa no domingo e o contrato é por 180 dias


”Quando soubemos o que aconteceu com a ponte, a gente de imediato determinou o DER fosse até o local fazer o levantamento da necessidade. O projeto de uma nova ponte já existe, mas nós tivemos que fazer uma ação de imediato, e o Marcelo da Agero, atendendo a demanda dos deputados Adelino Follador, Alex Redano, Geraldo da Rondônia, e também o pedido do vice-governador José Jodan e meu, trabalhou no sentido de conseguir uma balsa. É paliativo, mas o que nós queremos é construir a ponte, mais elevada, para não ocorrer o mesmo problema na enchente. Já para o ano que vem estaremos dando inicio a essa obra”, garante o governador.


O investimento na construção da nova ponte é estimada em R$ 8 milhões e a previsão é que fique pronta em dois anos.Participaram da reunião o vice- governador José Jodan, representante da empresa Amazônia Navegações, Willam Araújo, e membros Agero.



Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia
Executivo faz contrato emergencial e habilita balsa para fazer travessia da população em Alto Paraíso Executivo faz contrato emergencial e habilita balsa para fazer travessia da população em Alto Paraíso Reviewed by Mídia Rondoniense on agosto 14, 2019 Rating: 5