Publicidade
Aftosa_WEB_468x60.gif

96% dos poços analisados em Ariquemes estão contaminados por coliformes totais



Na última semana a Prefeitura de Ariquemes, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU) e Agência Municipal de Regulação (AMR), realizou a ‘Semana de Qualidade da Água’, no auditório do Centro de Reabilitação Belmira Araújo. O evento contou com a presença de acadêmicos, Agentes Comunitários de Saúde, além de membros dos conselhos municipais, PROCON e Ministério Público do Estado (MP-RO). Entre as atividades previstas no cronograma estava a assinatura do termo de cooperação técnica para analisar a água distribuída pela concessionária ‘Águas de Ariquemes’ no município, bem como dos poços amazônicos, utilizados por aproximadamente seis mil famílias que ainda não possuem água encanada, segundo dados da concessionária.


RESULTADOS PREOCUPANTES


A pesquisa técnica contou com a coleta de quinze amostras de água de poços amazônicos. Em 96% delas foram detectadas contaminações por Coliformes totais, e 67% pela bactéria Escherichia Coli (e-coli), que podem provocar doenças como febre tifoide, cólera, diarreias, esquistossomose e até hepatite. Os resultados não atenderam a portaria nº 2914, de 12 de dezembro de 2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e o padrão para ser considerada potável, ou seja, apta para consumo.

Outras quinze amostras foram coletadas direto do Sistema de tratamento e abastecimento de água. Todas atenderam as especificações de qualidade preconizadas pelo Ministério da Saúde.


PROCESSO DE ANÁLISE DA ÁGUA


De acordo com a Presidente da AMR, Simone Costa, o processo de análise da água dos poços e da distribuída na cidade pela concessionária ‘Águas de Ariquemes’, é feito em parceria com a SEMSAU. “Os fiscais da AMR, que acompanham a qualidade dos serviços feitos pela concessionária, fazem a coleta da água e encaminham para que o setor de Endemias da SEMSAU, que através dos agentes da Fundação Nacional de Saúde, prestam esse serviço. A partir daí, as amostras seguem para o Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (LACEN), em Porto Velho, para serem analisadas e assim sabermos se está apta para consumo.” Explicou Simone.


ORIENTAÇÃO DA SEMSAU

Ricardo Medeiros, diretor da atenção básica da SEMSAU, diz que o ideal é que os moradores façam a adesão da rede de água tratada e deixem de utilizar os poços amazônicos. “Porém, nos bairros que ainda não contam com a rede de água encanada, nós orientamos aos moradores que procurem a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa e peguem as doses de hipoclorito de sódio para tratar a água do poço. O produto também pode ser solicitado diretamente para o Agente comunitário de saúde que atende a localidade.” Concluiu Ricardo.


RESULTADOS PUBLICADOS

Os dados detalhados sobre a análise da água em Ariquemes podem ser conferidos diretamente no site da prefeitura, pelo www.ariquemes.ro.gov.br no ícone SEMSAU, em documento PDF anexo.



Fonte:Dircom
96% dos poços analisados em Ariquemes estão contaminados por coliformes totais 96% dos poços analisados em Ariquemes estão contaminados por coliformes totais Reviewed by Mídia Rondoniense on julho 01, 2019 Rating: 5