TRABALHADORES DO TRANSPORTE ESCOLAR DE EXTREMA PARAM, E GARANTEM SÓ VOLTAR SE EMPRESA PAGAR OS SALÁRIOS ATRASADOS


Dessa vez, no Distrito de Extrema, tudo indica que vão ter que demitir todos, já que o descontentamento é geral e já existe até Boletim de Ocorrência registrado na delegacia de polícia civil daquela localidade, inclusive com acusação de pratica de trabalho escravo.


Segundo uma fonte, agora ninguém da empresa atende telefone dos funcionários da Ponta do Abunã e nem respondem suas mensagens enviadas pelo aplicativo Whatsapp.



Este blogueiro esteve na sede da empresa em Rio Branco para tentar uma declaração da Empresária que "empresta seu nome" como titular, e saber dela qual vai ser a solução para os inúmeros problemas com a falta de pagamento dos funcionários, mas o que encontrei foi uma pequena sala fechada, que fica na Estrada do Aviário nº 636, e mesmo retornando em mais duas oportunidades, ninguém apareceu para falar comigo.


Fonte: 015 - Carlos Caldeira / NewsRondonia
TRABALHADORES DO TRANSPORTE ESCOLAR DE EXTREMA PARAM, E GARANTEM SÓ VOLTAR SE EMPRESA PAGAR OS SALÁRIOS ATRASADOS TRABALHADORES DO TRANSPORTE ESCOLAR DE EXTREMA PARAM, E GARANTEM SÓ VOLTAR SE EMPRESA PAGAR OS SALÁRIOS ATRASADOS Reviewed by Mídia Rondoniense on junho 22, 2019 Rating: 5