Midia-sites-regionais-300x250px.gif

CRIME BRUTAL - Menina de 12 anos foi estuprada e degolada em SP


Reginaldo Gomes Gertrudes, de 37 anos, suspeito de matar a menina Ayshila Vitória dos Santos da Costa, de 10 anos, segue sob escolta policial na Santa Casa de Ribeirão Preto nesta segunda-feira (13).


De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ele deu entrada no hospital por volta das 14h e aguarda avaliação médica. O preso, acusado de homicídio duplamente qualificado, com tipificação de feminicídio em razão de a vítima ser mulher e menor de idade, deve ser transferido para o CDP (Centro de Detenção Provisória) da cidade.


Ele foi encontrado ferido na manhã desta segunda-feira (13). A informação de que o homem teria tentado suicídio não foi confirmada pela Polícia Civil. 



A delegada Luciana Camargo Renesto Ruivo, titular da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) em Ribeirão Preto, não descarta a possibilidade de abuso sexual contra a menina de 10 anos, encontrada morta em casa no Ipiranga, zona Norte da cidade. No entanto, somente um exame de DNA poderá apontar o crime de estupro.

"Tem sinais de luta, com sangue pela casa inteira. A menina estava nua, morta, degolada, com sinais de tortura e tinha uma cueca perto dela, que a gente imagina que seja dele [padrasto], até porque ele estava sem. Eu acredito que ela foi estuprada também", afirmou a delegada. Luciana Renesto declarou que também incluiria no registro da ocorrência o crime de estupro de vulnerável. 



Pulou janela


A delegada afirmou que Reginaldo teria pulado a janela da casa, nos fundos de outro imóvel localizado na rua Itaguaçu, onde a menina estava com a irmã de 5 anos, que é filha biológica do homem. A motivação do crime, no entanto, ainda é apurada. "Ele disse que estava embriagado e contou aos policiais militares que a menina teria ido para cima dele. Agora, ele dá três dela. A conversa dele não é crível", ressaltou a delegada.


A mãe da criança estaria no trabalho quando o crime ocorreu. Ela estaria separada do homem há um ano. A delegada afirmou que ainda vai ouvir a mãe para esclarecer se as crianças estavam mesmo sozinhas em casa. "Em tese, a mãe poderia ser responsabilizada, mas eu creio que já foi responsabilizada o suficiente. Vou conversar com ela, pode não configurar um abandono contumaz", disse.


Além da roupa da menina e de uma peça de roupa que seria de Reginaldo, uma faca de cozinha que teria sido utilizada no crime também foi apreendida.




Fonte: A Cidade On

CRIME BRUTAL - Menina de 12 anos foi estuprada e degolada em SP CRIME BRUTAL - Menina de 12 anos foi estuprada e degolada em SP Reviewed by Mídia Rondoniense on maio 14, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário