FLOR_728x90px.gif

INVESTIMENTOS_468x60.gif
Queimadas_468x60px.gif

Museu da Memória de RO conclui catalogação de fósseis com mais de 29 mil anos


O Museu da Memória Rondoniense agora conta com 250 peças de fósseis em exposição. O material, que demorou mais de 20 anos para ser catalogado, inclui esqueleto de preguiça gigante e mastodonte, encontrados na bacia do rio Madeira.


Segundo a Universidade Federal de Rondônia (UNIR), a pesquisa e descoberta dos vestígios desses animais começaram ainda nos de 1980. A diretora do museu, Ednair Nascimento, conta que parte do acervo foi resultado de doações de garimpeiros e outra parte foi repassado pela Agência Nacional de Mineração (ANM), após apreensões feitas pela Polícia Federal.


Entre os fósseis, estão cerâmicas, de 3 mil anos, que os arqueólogos acreditam terem servido como vasilhas por parte dos indígenas que habitaram a região do Vale do Guaporé, em Rondônia. Já os fósseis da preguiça gigante e do mastodonte [da família dos elefantes] datam de 29 mil anos e foram encontradas na bacia do rio Madeira.


Além desses, o acervo também conta com 100 peças etnográficas de diversas etnias indígenas da Amazônia.


Além de estarem disponíveis ao público, o acervo também serve de fonte para pesquisadores das Universidades de Sergipe e do Recôncavo Baiano que, segundo a direção do museu, visitam o local desde o final do ano passado.


A diretora do Museu da Memória Rondoniense, Ednair Nascimento, diante dos fósseis de preguiça gigante. — Foto: Pedro Bentes/G1


"Alguns materiais já estão sendo estudados por pesquisadores da Unir e por universidades federais do Sergipe, Bahia e Minas Gerais. O acervo pode ser exposto e estudado por grupos de pesquisa ao mesmo tempo", afirma a diretora do museu.


O Museu da Memória Rondoniense é aberto ao público das 9h às 17h, de segunda à sexta-feira. Fica localizado na Rua Dom Pedro II, 1600, Centro. A entrada é gratuita.


Acervo do Museu da Memória Rondoniense conta com peças cerâmicas de mais de 3 mil anos. — Foto: Pedro Bentes/G1


Fóssil de boto exposto no Museu da Memória Rondoniense, em Porto Velho. — Foto: Pedro Bentes/G1

Fonte: G1
Museu da Memória de RO conclui catalogação de fósseis com mais de 29 mil anos Museu da Memória de RO conclui catalogação de fósseis com mais de 29 mil anos Reviewed by Mídia Rondoniense on abril 10, 2019 Rating: 5