Image and video hosting by TinyPic

'É URUBU SIM': Racismo quase acaba em assassinato em Porto Velho


Acusado dos crimes de tentativa de homicídio e racismo, Nalftali R. C., 32, foi preso na noite de quinta-feira (11) após atacar a facada Jeovan R. B., 41, na Avenida Amazonas com Rua Nicarágua, bairro Nova Porto Velho, na capital de Rondônia.


Consta em registro de ocorrência, que ambos os envolvidos são flanelinhas e estavam "cuidando" de carros nas proximidades de uma panificadora. Em determinado momento, o suspeito teria começado a insultar a vítima dizendo: "Seu urubu, macaco, seu preto safado, é urubu sim", afirmava Nalftali.


Houve neste instante acirrada discussão e o suspeito tentou agredir a vítima com uma barra de ferro. Em seguida, Jeovan saiu do local e foi conversar com um morador da região.


Contudo, foi surpreendido pelo suspeito com uma faca, tentando aplicar golpes no tórax da vítima, que se defendeu e foi ferida no ombro esquerdo.


Para escapar de continuar sendo esfaqueado, Jeovan saiu correndo até a base da rodoviária e avisou a polícia. O suspeito foi localizado e preso. A vítima foi socorrida para a policlínica Ana Adelaide. O suspeito tentou justificar que chamou Jeovan de urubu por ele torcer para o Flamengo e não por racismo.

Fonte: Rondoniaovivo
'É URUBU SIM': Racismo quase acaba em assassinato em Porto Velho 'É URUBU SIM': Racismo quase acaba em assassinato em Porto Velho Reviewed by Mídia Rondoniense on abril 12, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário