'Nos estimulava a estudar', diz ex-aluna sobre professora morta a pauladas pelo ex-marido em RO


Depois do assassinato da educadora Joselita Félix da Silva, 47 anos, vários ex-alunos postaram homenagens a ela nas redes sociais, durante a tarde deste domingo (17). A professora foi vítima de feminicídio após ter a casa invadida pelo ex-marido e ser atacada a pauladas, em Candeias do Jamari (RO), região metropolitana de Porto Velho.


No Facebook, uma jovem contou sobre o primeiro contato que teve com a educadora. "Lembro-me dos primeiros dias de aula. Joselita estava um pouco na defensiva, pois estava na tal turma da 1ª Gestão. Mas logo conseguimos amansar seu coração com a promessa de muitos quilos de camarão".


A universitária conta ainda que Joselita sempre motivava seus alunos. "Nos acompanhou, nos viu crescer. Nos estimulava a estudar. Às vezes umas brigas, uns puxões de orelha, mas muita alegria, aprendizado e comilança", relembra.


Com anos de experiência em sala de aula, a educadora também ganhou apelidos carinhosos entre os alunos. "Por alguns era conhecida como professora Joselita, por outros Josi. Mas, por nós, era tia Josi", ressalta a jovem.


No post de homenagem, a ex aluna ressalta:



"Não dá pra esquecer uma mulher inesquecível como você, que parava tudo onde chegava".


Joselita dava aula na rede municipal de Porto Velho, mas estava morando atualmente em Candeias do Jamari para cuidar dos pais idosos.



Feminicídio


Joselita foi morta pelo ex-marido neste domingo, após ter a casa invadida em Candeias do Jamari.


Conforme relato de um vizinho, o pai da educadora, um idoso, estava em casa e presenciou o ataque. O idoso ainda tentou salvar a filha e segurar o suspeito, mas também foi agredido.


Joselita não resistiu aos ferimentos na cabeça e morreu minutos depois. Já o pai dela foi socorrido e levado a um hospital na capital Porto Velho, onde segue em observação médica.


A Polícia Militar (PM) foi chamada e, após diligências na região de Candeias, prendeu o suspeito, identificado como Welington Aparecido. Ele está sendo ouvido na Central de Polícia em Porto Velho.


O corpo de Joselita será velado a partir das 19h deste domingo na Funerária Ramos, localizada na Avenida Sete de Setembro, Km 1, em Porto Velho.



Joselita Felix foi morta pelo ex-companheiro em Rondônia — Foto: Facebook/Reprodução
'Nos estimulava a estudar', diz ex-aluna sobre professora morta a pauladas pelo ex-marido em RO 'Nos estimulava a estudar', diz ex-aluna sobre professora morta a pauladas pelo ex-marido em RO Reviewed by Mídia Rondoniense on março 18, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário