FLOR_728x90px.gif

INVESTIMENTOS_468x60.gif
Queimadas_468x60px.gif

Jantar de R$ 290 mil fez Bolsonaro demitir presidente da Embratur


O presidente da República, Jair Bolsonaro, desmentiu a agora ex-presidente da Embratur, Teté Bezerra, que entregou nesta quinta-feira (28) sua carta de demissão ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.
De acordo com Bolsonaro, ele próprio mandou exonerá-la do cargo após tomar conhecimento sobre um jantar que seria patrocinado pela empresa na semana que vem ao custo de R$ 290 mil.
Em live transmitida via Facebook, como tem feito toda semana, o presidente afirmou:
“Chegou ao meu conhecimento que na semana que vem, olha só você, brasileiro, a Embratur, a sua presidente, está patrocinando um jantar. Então, a Embratur patrocinando um jantar. Eu acho que o Alceu Valença, se não me engano, ia cantar no jantar, certo? Preço do jantar: R$ 290 mil. Você ia pagar a conta.”
Bolsonaro acrescentou:
“O que nós fizemos, no dia de ontem mesmo? Entramos em contato com o ministro do Turismo, falei para ele simplesmente cancelar o jantar e também, tendo em vista o tamanho do descalabro aqui, que cancelasse também a função ali da responsável pela Embratur. Então, ela foi exonerada no dia de hoje e também página virada.”
O chefe do Executivo completou:
“Isso é um escracho, um deboche para com o brasileiro, que está cansado de pagar imposto, está cansado de ser extorquido e não ter na ponta da linha uma prestação de serviço.”


Fonte: G1 
Jantar de R$ 290 mil fez Bolsonaro demitir presidente da Embratur Jantar de R$ 290 mil fez Bolsonaro demitir presidente da Embratur Reviewed by Mídia Rondoniense on março 29, 2019 Rating: 5