468x60px.gif

Cheia do Madeira: Prefeito decreta Estado de Alerta em Porto Velho


A Defesa Civil Municipal de Porto Velho continua visitando e alertando as famílias que residem em áreas de risco sobre a possibilidade de serem atingidas com a cheia do Rio Madeira. Na última quarta-feira (6) o prefeito Hildon Chaves (PSDB) decretou Estado de Alerta, após o nível do rio ultrapassar 14 metros. Nesta manhã a cota do rio chegou a 16,07 metros.

No decreto, o prefeito destaca a elevação do Madeira e o excesso de chuvas e diz que há necessidade sobre a medida para mobilização dos órgãos e entidades da administração pública municipal,


“bem como a comunidade e as entidades responsáveis pelas ações de Defesa Civil, para que estejam organizados e alertas para atender eventuais ocorrências, com a finalidade de prevenir e minimizar danos, além de assistir à população afetada.”

Equipes da Defesa Civil se deslocaram neste sábado (9) até o Beco do Birro, na área urbana da Capital, para orientar e alertar os moradores, informando que o nível do Rio Madeira vai chegar a cota de 17,50 metros no dia 22 deste mês segundo informou o Sipam.

"Nós estamos fazendo um trabalho preventivo e orientando a todos os moradores que residem em áreas de risco que saiam de suas casas com antecedência. Nossas equipes estão prontas para prestar todo apoio logístico às famílias que querem sair", disse o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Santos.

Cerca de 820 famílias que residem em áreas de risco nos bairros Balsa, Nacional, Beco do Gravatal, Beco da Rede, Beco do Birro, Candelária e Panair já receberam alertas sobre os riscos de permanecerem nos imóveis. 


“A água já chegou aos quintais dessas residências e por isso nós estamos retornando nesses locais para alertar mais uma vez essas famílias que o rio vai subir. No Beco do Gravatal, uma família pediu apoio para ser retirada ainda neste sábado”, informou Marcelo.

Desde quando o rio começou a subir, as equipes da Defesa Civil começaram a realizar o trabalho de monitoramento e visita em todas as áreas de risco, conversando e alertando os moradores sobre os perigos nesse período.


 “Nós sabemos que todo ano tem enchente, mas não sabemos a proporção”, esclareceu o coordenador Marcelo Santos.

A orientação do órgão é que as famílias que residem nas áreas de risco aceitem o apoio logístico para saírem desses locais antes que a água entre em suas casas. 


“Nossa equipe está sempre à disposição da comunidade e, se alguém quiser sair com antecedência, nós prestamos todo o apoio logístico para fazer a mudança e levar para casa de familiares. É importante que essas pessoas aceitem a nossa ajuda para não acordarem com a água em suas casas, principalmente no período da noite que dificulta a remoção”, orientou o coordenador.

Baixo Madeira
A Defesa Civil Municipal já encaminhou uma equipe para a comunidade de Nazaré para fiscalizar e oferecer o apoio a todas as famílias do Baixo Madeira que querem sair de suas residências com antecedência. “Nós disponibilizamos aproximadamente 100 barracas para as famílias de todo o Baixo Madeira em locais seguros porque o rio vai subir”, garantiu Marcelo.

Ramal Maravilha

Algumas famílias que residem no Ramal Maravilha encontram-se isoladas por causa do transbordamento de um canal que fez com que a água invadisse a estrada. Uma família solicitou ajuda da Defesa Civil para sair de sua residência.


A ajuda pode ser solicitada ligando no 199 ou 98401-5113.





Fonte: Rondoniagora
Cheia do Madeira: Prefeito decreta Estado de Alerta em Porto Velho Cheia do Madeira: Prefeito decreta Estado de Alerta em Porto Velho Reviewed by Mídia Rondoniense on fevereiro 10, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário