FLOR_728x90px.gif

INVESTIMENTOS_468x60.gif
Queimadas_468x60px.gif

Procon divulga lista com materiais que não podem ser solicitados pelas escolas


Nota informativa do Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor de Rondônia (Proncon) alerta pais e responsáveis para a relação de produtos que podem e os que não podem ser pedidos pelas instituições de ensino na lista de material escolar.

O documento pretende resguardar o direito do consumidor, que é penalizado por estabelecidos que desrespeitam as normas em vigor.

De acordo a lei federal nº 12.886/2013, proíbe a exigência dos itens de uso coletivo, como materiais de escritório ou de limpeza. Segundo a norma, a exigência é abusiva e os produtos devem ser de responsabilidade das escolas.

A lei veta a exigência de itens como papel ofício em grandes quantidades, papel higiênico, álcool, flanela e outros produtos administrativos, de consumo, de limpeza e higiene e pessoal.

As listas de material escolar incluem fita adesiva, cartolina, estêncil, grampeador e grampos, papel para impressora, talheres e copos descartáveis, e esponja para louça entre outros itens que não sejam utilizados exclusivamente pelo aluno. Caso conste na lista, as escolas serão atuadas e multadas.

De acordo com a nota, os pais podem entregar os livros e materiais de uma única vez ou conforme a utilização durante o ano letivo. Ao final do período de atividades acadêmicas, todo o material, utilizado ou não pelo aluno, deve ser devolvido ao responsável.

Após fazer uma avaliação dos itens, Procon elaborou duas listas. Uma aponta os materiais que podem ser cobrados pelas escolas e quantidade permitida. A outra tem relação do que fica proibido.



Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação
Procon divulga lista com materiais que não podem ser solicitados pelas escolas Procon divulga lista com materiais que não podem ser solicitados pelas escolas Reviewed by Mídia Rondoniense on janeiro 13, 2019 Rating: 5