Publicidade
Aftosa_WEB_468x60.gif

Jaqueline Cassol integra força tarefa que tenta evitar aumento de energia elétrica


A presidente dos Progressista em Rondônia e deputada federal eleita, Jaqueline Cassol, participou na tarde desta sexta-feira (18), em Porto Velho, de uma reunião com a força tarefa que busca mecanismos legais para evitar o aumento da tarifa de energia elétrica em Rondônia.

O encontro aconteceu no gabinete do deputado federal eleito, Leo Morais (Podemos), e contou com a presença dos também deputados Mauro Nazif (PSB), Coronel Chrisóstomo (PSL), Defensor Público-Geral, Marcos Edson, presidente do Conselho Estadual da Defesa do Consumidor (Condecon), Gabriel Tomasete e do secretário-geral dos Progressistas, Luiz Paulo Batista.

No encontro ficou decidido que a bancada federal de Rondônia vai trabalhar unida para ter sucesso na causa, considerada difícil na visão do Defensor Público-Geral. “Elaboramos uma Petição de Agravo para protocolar no Tribunal Regional Federal [TRF]. No entanto, pela minha experiência, é improvável revertermos apenas pela via jurídica. É preciso muito apoio político nesta situação”, explicou Marcos Edson.

Recentemente, a justiça suspendeu os efeitos da liminar que impedia o acréscimo da energia em Rondônia. Com isso, em alguns casos, a nova tarifa pode sofrer aumento de até 27%. Para a deputada federal, Jaqueline Cassol, essa não é uma questão apenas jurídica, mas sim econômica e social. 


“Esse aumento traz prejuízos para todos os segmentos do nosso estado. Prejudica o empresário, que terá que repassar esse sobrepreço ao consumidor. Afeta a indústria, pois a energia é um insumo essencial para o processo produtivo e claro, atinge a população, que mesmo fazendo economia tem pagado cada vez mais caro nas contas”.

Os parlamentares presentes na reunião se comprometeram em fazer o que for necessário para evitar que a população rondoniense pague mais caro na tarifa de energia. Entre os planos de ação está: a convocação dos demais deputados, senadores, presidente da Assembleia Legislativa e Governador para integrar a força tarefa; agenda conjunta da bancada com o presidente do TRF para sensibilizá-lo sobre a situação; audiências com o presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e com o Ministro de Minas e Energia, além de mobilização popular.


Presidente do Condecon, o advogado Gabriel Tomasete informou que se a decisão não for revista, pode ocorrer de o aumento começar a ser cobrado nas já nas próximas faturas de energia.


“É possível que seja cobrado o retroativo. Nós somos contra e temos argumentos de sobra para que essa decisão não continue valendo. O recurso está pronto e será protocolado nessa agenda conjunta com a bancada federal. É uma forma de mostrarmos força e de fazer uma espécie de pressão no judiciário para que a decisão seja revertida juridicamente”.

Jaqueline Cassol se colocou à disposição para acompanhar a comitiva que vai a Brasília nos próximos dias. “Faço questão de acompanhar essa agenda, pois fui eleita para trabalhar por Rondônia e esse é nosso primeiro grande desafio. Não será fácil, mas unidos teremos mais força para buscar uma solução que beneficie nosso estado”, avaliou a deputada.


Fonte: Assessoria
Jaqueline Cassol integra força tarefa que tenta evitar aumento de energia elétrica Jaqueline Cassol integra força tarefa que tenta evitar aumento de energia elétrica Reviewed by Mídia Rondoniense on janeiro 20, 2019 Rating: 5