Image and video hosting by TinyPic

Temer está com medo de ser preso após deixar o Planalto, diz colunista

Com três denúncias da Procuradoria-Geral da República, o emedebista foi aconselhado a passar um tempo em Portugal

© Reuters


Na última quarta-feira (19), o presidente Michel Temer foi denunciado pela terceira vez pela Procuradoria-Geral da República. Raquel Dodge acusou o emedebista de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no âmbito de um esquema que desviou algo em torno de R$ 32,6 milhões no setor de portos.


Com isso, o atual comandante do país foi tomado pelo medo de ser preso após deixar o Planalto. De acordo com o colunista Josias de Souza, do UOL, o presidente resolveu discutir a situação penal com um pequeno grupo de auxiliares e se mostrou pessimista. Ele acredita que a prisão pode acontecer e os seus interlocutores também.



Neste encontro com os auxiliares, Michel Temer foi aconselhado a passar uma temporada em Portugal, onde tem amigos. Também foi sugerido ao presidente dar aulas na Universidade de Coimbra. No entanto, como revela Josias de Souza, o emedebista não se empolgou com a sugestão de viajar para outro país.

"Vão dizer que estou fugindo. E eu não vou fugir, vou enfrentar", terá dito o presidente, de acordo com o colunista.

Além da denúncia formulada por Dodge, Michel Temer tem outras duas que foram fundamentadas pelo ex-procurador-geral Rodrigo Janot a partir de delações do grupo JBS. Os casos estão parados na Câmara, mas devem ser retirados do congelador.


Por Notícias ao Minuto
Temer está com medo de ser preso após deixar o Planalto, diz colunista Temer está com medo de ser preso após deixar o Planalto, diz colunista Reviewed by Comunicóloga on dezembro 23, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário