Image and video hosting by TinyPic

Mãe morta em ataque abraçou filho para salvar criança de suspeito, diz testemunha



Criança foi atingida por facão no braço durante ataque — Foto: Lívia Costa/G1

A mãe assassinada com golpes de facão durante um ataque contra 11 pessoas, nesta quinta-feira (1°), abraçou o filho de 3 anos para salvar a vida dele na Zona Leste de Porto Velho. Segundo relato de uma testemunha ao G1, o outro filho da mulher e o esposo dela foram atacados.


A família estava em casa, no bairro Renascer, quando o suspeito chegou em carro. Na sequência o homem saiu do veículo e foi na direção da criança com o facão.


Ao ver o ataque, a mãe, Marta Rodrigues Pereira, 27 anos, se jogou sobre o filho e foi esfaqueada na parte de trás da cabeça e no lado esquerdo do peito. Na sequência o suspeito também atacou o esposo de Marta, Márcio Dias de Souza, de 33 anos.


Depois de atacar a família o suspeito fugiu e na rua encontrou outro filho da vítima, um menino de 8 anos. O homem então atacou a criança com dois golpes de facão no braço.


O Samu então foi chamado por testemunhas para socorrer a família até a UPA da Zona Leste.


Facão usado por suspeito para atacar as vítimas — Foto: Ana Kézia/G1


Segundo a direção da unidade, Marta não resistiu aos ferimentos e morreu assim que deu entrada na UPA. A criança de 8 anos foi atendida e liberada da unidade. Já Márcio, padastro do menino, está internado em estado grave no Hospital João Paulo II.

Marta é de Jaru (RO) e a família fez o reconhecimento do corpo da mulher na tarde desta quinta-feira.

O pai da criança, Antoniel Nunes, contou que o filho estaria chegando da escola e o ataque ocorreu quando o menino passava perto da casa do avô.


Ataque


Onze pessoas foram esfaqueadas pelo suspeito nesta quinta-feira. Segundo testemunhas, o homem estava dirigindo um carro pela Zona Leste e, quando se aproximava das vítimas, descia e golpeava os moradores.

O homem esfaqueou tanto pessoas desconhecidas como conhecidas. Uma das vítimas mora próxima da casa do autor dos ataques.

Segundo vizinhos, o suspeito teria tido um surto dentro da casa no fim da manhã, momento que saiu e começou a esfaquear as pessoas.

Depois de esfaquear as vítimas em vários bairros, o suspeito seguiu para a casa dele, na Zona Leste, e lá tentou atacar os policiais com dois facões.

Os agentes reagiram atirando e os disparos atingiram o homem, que foi socorrido e levado ao Hospital João Paulo II, mas não resistiu aos ferimentos.

Oito vítimas do ataque estão internadas no João Paulo II, seis delas em estado grave. Na noite desta quinta-feira, a unidade informou que duas das pessoas passaram por cirurgia.


Um dos ataques foi na frente de uma casa na Zona Leste — Foto: Daniele Lira/G1

G1
Mãe morta em ataque abraçou filho para salvar criança de suspeito, diz testemunha Mãe morta em ataque abraçou filho para salvar criança de suspeito, diz testemunha Reviewed by Mídia Rondoniense on novembro 02, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário