Image and video hosting by TinyPic

TSE nega pedido de Haddad para apagar grupo do WhatsApp

Ministro disse que, nesse caso, a comunicação fica restrita a um número limitado de pessoas


© REUTERS


O Tribunal Superior Eleitoral negou um pedido do candidato Fernando Haddad (PT) para remover conteúdos compartilhados em um grupo privado no WhatsApp, segundo informações do UOL.

Em decisão publicada na sexta-feira (12), o ministro Luis Felipe Salomão disse que, nesse caso, "a comunicação é de natureza privada e fica restrita aos interlocutores ou a um grupo limitado de pessoas".


Haddad, a candidata a vice, Manuela D'Ávila (PCdoB), e a coligação "O Povo Feliz de Novo" indicaram que o grupo "aRede - Eleições 2018", formado no WhatsApp e que conta com 173 participantes, dissemina "mensagens ofensivas e inverídicas contra os candidatos".

No entanto, o ministro deixou em aberto a possibilidade de direito de resposta aos candidatos e à coligação, e abriu prazo para que as partes se manifestem antes de tomar uma decisão a respeito.

Por Notícias ao Minuto
TSE nega pedido de Haddad para apagar grupo do WhatsApp TSE nega pedido de Haddad para apagar grupo do WhatsApp Reviewed by Comunicóloga on outubro 14, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário