Deputado Geraldo da Rondônia vai ao banco dos réus por crime de sonegação

Resultado de imagem para Geraldo da Rondônia

O deputado estadual Geraldo da Rondônia (PSC) sentará no banco dos réus para responder a acusação promovida pelo Ministério Público Estadual – MPE, onde ele é apontado de ter sonegado R$ 34.747.335,34 (trinta e quatro milhões, setecentos e quarenta e sete mil, trezentos e trinta e cinco reais e trinta e quatro centavos) entre os anos de 2005 e 2007 dentro da empresa em que é sócio administrador, a Rondônia Mercantil Distribuição Importação e Exportação de Gêneros Alimentícios Ltda.

De acordo com o MPE, Geraldo teria suprimido esse valor em tributos ao Estado, utilizando-se de informações falsas repassadas à Receita Estadual. Nesta última semana o desembargador Valdeci Castellar Citon, membro das Câmaras Especiais Reunidas do Tribunal de Justiça – TJ/RO, determinou que a denuncia seja julgada pelo Tribunal da localidade onde o suposto crime de sonegação teria acontecido, a cidade de Ariquemes.

Para Citon, a denuncia é relacionada á um período em que Geraldo não possuía mandato de deputado estadual e por esse motivo deve ser distribuída na Comarca de Ariquemes.

“Deste modo, inafastável a aplicação do novo entendimento do STF exposto no julgamento da AP 937 (Rel. Ministro Roberto Barroso) para o qual “aplica-se apenas aos crimes cometidos durante o exercício do cargo e relacionados às funções desempenhadas”, porquanto já em análise preliminar verifica-se que o acusado não era Deputado Estadual à época dos fatos tampouco os delitos a ele atribuídos foram praticados em razão dessa função”, explanou o Desembargador Citon.

Confira abaixo a íntegra da decisão


Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Deputado Geraldo da Rondônia vai ao banco dos réus por crime de sonegação Deputado Geraldo da Rondônia vai ao banco dos réus por crime de sonegação Reviewed by Mídia Rondoniense on outubro 17, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário